Categoria

Cotidiano

Categoria

Veja a importância da Logística Reversa na economia das empresas e no meio ambiente

Com o passar dos anos e com o aumento da população e do consumo, cresceu drasticamente o número de resíduos e lixo. Para se ter uma noção, em 2018, foram gerados 79 milhões de toneladas de resíduos no Brasil, cerca de 1% a mais do que no ano anterior, de acordo com uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe). Ainda seguindo este estudo, dentre o número acima, cerca de 29,5 milhões de toneladas de resíduos sólidos urbanos foram despejados de forma inadequada em lixões ou aterros controlados, ou seja, que não possuem medidas de proteção à saúde e ao meio ambiente.  O número é assustador, mas a crescente preocupação com o meio ambiente e políticas públicas estão melhorando o cenário gradualmente. A reciclagem de resíduos e lixo não é novidade para ninguém, há muitos anos pratica-se a reutilização de plásticos e outros…

Como estão e quais são as tendências de indie brands no Brasil

Cada vez mais se vê indie brands crescendo em solo brasileiro e entende-las é fundamental para aproveitar essa nova onda no mercado cosmético As indie brands são definidas como empresas que ainda são administradas por seus fundadores e geralmente trazem algum conceito inovador para o mercado, seja vegano, orgânico, o público de men care, o público sênior, diversidade ou o empoderamento. Quem explica isso é a analista da Factor Kline, Juliana Bondança, que também fala sobre os impressionantes números das indie brands. “A gente percebe que essas empresas têm demonstrado um crescimento muito acima do mercado, principalmente hoje, que se vê em uma lenta recuperação da crise, existem empresas com crescimento de 130%, isso para as mais novas. Porém, mesmo as empresas fundadas na época de 2000 registram um crescimento de 80%, 60%”, conta a especialista. Por isso é importante entender as particularidades das indie brands, a estrutura de capital,…

Conheça as principais tendências cosméticas para 2020

Mais do que qualquer outra categoria de bens de consumo, a indústria dos cosméticos é impulsionada pelas tendências. E os últimos anos viram o surgimento de muitas inovações nesse mercado. De acordo com um relatório da empresa 360 Research Reports, o mercado global de produtos cosméticos foi avaliado em 532,43 bilhões de dólares em 2017 e deve atingir um valor de mercado de 805,61 bilhões de dólares até 2023, podendo registrar uma taxa de crescimento anual composta de 7,14% no período entre 2018 e 2023. Dos dispositivos inteligentes de beleza integrados em residências às grandes fusões e aquisições de startups, confira neste artigo algumas das principais tendências cosméticas para 2020! Dispositivos inteligentes de beleza cada vez mais conectados Em 2020, as marcas de beleza continuarão usando tecnologias desde inteligência artificial (IA) até realidade aumentada (RA) para manter seus clientes envolvidos. Por exemplo, o HiMirror, um “espelho inteligente” fabricado pelo New Kinpo Group de Taiwan, tem…

Quer começar 2020 com o pé direito? Confira como se organizar

O início do ano é a melhor época para realizarmos planos para a vida pessoal e profissional. Nesse sentido, é importante saber como se organizar para começar 2020 com o pé direito. O que deixa muitos profissionais perdidos não é a falta de objetivos para esse novo ciclo, mas não saber o que fazer para atingi-los. Em outras palavras, é necessário fazer um planejamento detalhado para cada conquista, com a definição de metas de curto, médio e longo prazo. Trata-se, portanto, de traçar a rota que você precisa seguir para alcançar o que deseja. Está cheio de energia para correr atrás de seu sucesso profissional em 2020? Então, confira nosso post e acompanhe as dicas para tirar seus objetivos do papel e focar em sua carreira! Realize um plano para sua carreira Para ingressar em 2020 com o pé direito, o primeiro ponto é fazer um plano para sua carreira…

Como está a situação da cannabis medicinal no Brasil?

Após intensas discussões sobre o tema, regularização da maconha para fins medicinais finalmente sai do papel.   A discussão sobre o uso de produtos a base de Cannabis já é pauta antiga e está no radar da Anvisa, órgão regulador, desde 2014. Dessa data em diante, a maconha entrou na lista de plantas e substâncias de controle especial do Ministério da Saúde, possibilitando o registro de medicamentos com derivados da planta. Foi isso que ocorreu, em 2017, com o Mevatyl. De acordo com a Anvisa, desde 2015, existe um grupo de estudos dedicado a discutir o cultivo de maconha para fins medicinais e, finalmente, depois de muitas discussões, no último dia 3 de dezembro, a Anvisa aprovou o uso de produtos à base de Cannabis para fins medicinais no Brasil.  Segundo a agência, no decorrer desse tempo, foram quase três mil pedidos de autorização excepcional para importação de remédios à…

Veja como o acordo do Mercosul afeta a indústria de medicamentos genéricos

O Brasil ocupa a sexta posição no ranking mundial do mercado farmacêutico, como mostra o estudo da IQVIA, subindo duas posições em relação ao ranking de 2017. O crescimento foi impulsionado por diversos fatores, como avanços tecnológicos, gestão competitiva e o desenvolvimento da biotecnologia, mas o mercado de genéricos foi um dos grandes contribuintes para esse cenário. Segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos, 34% dos remédios vendidos no Brasil são genéricos, fato que indica que a população se sente estimulada a consumir produtos com preços mais competitivos e que a confiança do consumidor é representativa. Algumas mudanças no setor farmacêutico e no cenário econômico, contudo, podem transformar as perspectivas desse segmento. É o exemplo do acordo firmado entre o Mercosul e a União Europeia em junho de 2019. Quer entender qual é a importância dos genéricos para a economia brasileira e como eles podem ser afetados por acordos como o de…

Conheça as 10 tendências de consumo globais apontadas pela Euromonitor

Pesquisa anual da instituição traz interessantes insights sobre comportamentos de consumo em todo o mundo. A Euromonitor International, uma das principais consultorias de pesquisa e tendências do mundo, prepara anualmente seu relatório Tendências de Consumo Globais da Euromonitor. O relatório é formulado a partir da compilação e avaliação das respostas de pessoas ao redor de todo o mundo, que foram questionadas sobre seus hábitos de consumo e relacionamentos, e como eles enxergam o futuro de suas próximas escolhas. A consultoria possui escritórios em 15 países, o que contribui para que a pesquisa seja o mais representativa possível. De acordo com a Euromonitor, duas tendências chamam mais atenção na lista neste ano de 2020: conveniência e controle pessoal. “Os consumidores devem fazer um balanço entre os dois, mas não costuma ser fácil”, comenta Gina Westbrook, diretora de tendências de consumo da Euromonitor. As tendências da consultoria são mundialmente usadas na construção…

Alta na projeção do PIB deve movimentar positivamente a indústria

Brasil fecha o ano com crescimento de 1,12% e expectativas são positivas para 2020. Após um último ano de incertezas e grandes mudanças no Brasil, 2019 se apresentou com expectativas positivas para o cenário econômico.  E o ano terminou com um resultado acima do esperado, com o PIB em 1,12%, de acordo com as estimativas do Boletim Macrofiscal, da Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia. De acordo com o doutor em ciência política e professor universitário, Bruno Pasquarelli, diversos fatores podem influenciar o crescimento do PIB, sejam eles internos ou externos. “Em 2019, tivemos a reforma da previdência, que com certeza deixou o mercado mais otimista, o aumento do consumo e de alguns setores da indústria. Ao mesmo tempo, questões externas como a guerra comercial da China com os Estados Unidos, a crise na Argentina, nosso terceiro maior comprador, dificultaram que o crescimento fosse maior do que…