Categoria

Life & Science

Categoria

“Pai da indústria da cannabis” comenta sobre as regulamentações brasileiras e mundiais

Steve DeAngelo é o grande convidado para a estreia do canal de entrevistas da The Green Hub, aceleradora de start-ups e consultoria com foco específico em cannabis. No dia 04 de junho, às 19h, DeAngelo, reconhecido internacionalmente como o “pai da indústria da cannabis” e um dos maiores ativistas e empreendedores do segmento, vai se reunir com grandes executivos do mercado, como Marcelo De Vita Grecco, cofundador e diretor de novos negócios da The Green Hub; Alex Lucena, head de Inovação da The Green Hub; Paula Carvalho, gerente de Comunicações da Humanitas 360; e Daniel Jordão, fundador do Secha. Aproveite e veja também as principais notícias da cannabis medicinal. Além da história de DeAngelo e seus aprendizados, serão debatidas as regulamentações sobre a cannabis em diferentes países e a situação atual do Brasil. O intuito é mostrar os avanços do cannabidiol mundo a fora. A sessão será transmitida ao vivo…

Confira as principais notícias da cannabis medicinal!

A Cannabis sativa, conhecida pelo uso recreativo (maconha), tem um grande potencial de tratamento. Seu emprego medicinal iniciou-se na China há milênios, mas, devido a ligações da erva com “alucinógenos”, ela passou a ser proibida a partir da década de 20, nos Estados Unidos. Contudo, recentemente pesquisas resgataram o potencial terapêutico da substância, que obteve sucesso ao ser aplicada em tratamentos para pacientes com câncer, glaucoma e epilepsia. Quer conhecer o potencial da cannabis medicinal e como ela tem sido regulamentada pelo mundo? Acompanhe as novidades do mercado! Quais são os efeitos e benefícios da cannabis medicinal? Ao receber THC (tetrahidrocanabinol) ou CBD (canabidiol) sob demanda, o corpo humano produz substâncias endocanabinoides, como a anandamida (ou etanolamina araquidonoil) e o 2AG (glicerol 2-araquidonoil). Elas são sintetizadas em neurônios pós-sinápticos e têm a função de modular os neurônios pré-sinápticos por meio dos receptores canabinoides CB1 e CB2. Mas como eles agem, afinal? O CB1 se…

Como unir eficiência operacional e automação no futuro da indústria farmacêutica

Uso das novas tecnologias aliado aos novos perfis do mercado serão grandes mudanças nas indústrias. As novas gerações que estão chegando no mercado de trabalho vêm com uma preparação muito maior e ainda usufruem de um cenário totalmente digital. A indústria farmacêutica está passando por uma grande transformação digital com a chegada de tantas novas tecnologias, por isso, a gestão de pessoas terá que ser completamente reavaliada para ter maior eficiência operacional. Esses novos perfis trazem uma grande produtividade para o dia a dia das empresas, graças à automação e conhecimento tecnológico, e esse vai ser um fator decisivo de competitividade das indústrias farmacêuticas do mercado brasileiro daqui para frente. “O mercado tende a estabilizar em termos de unidades produzidas ao longo dos anos. A competitividade tem aumentado muito ao longo dos anos e vai continuar nesse movimento. As empresas que vão ter mais sucesso no futuro seguramente são as…

Cosméticos veganos: entenda como funciona os critérios de certificação

Neste artigo vamos falar sobre como funciona os critérios de certificação dos cosméticos veganos, mas antes entenda o que são produtos veganos e cruelty-free. No primeiro caso, o cosmético não utiliza nenhum ativo de origem animal, como mel, cera de abelha, colágeno, entre outros. No segundo caso, o produto não foi testado em animais. Além disso, ser cruelty-free não pode ser de origem animal, pois estes ingredientes, de alguma forma, cometem crueldade ao animal. Por isso, estas nomenclaturas são apenas alternativas de selos e o rigor irá depender da certificadora. Basicamente, ambos devem respeitar e proteger os animais, seja no teste ou na obtenção. Convém mencionar que, embora isso seja verdadeiro, algumas associações, como a Vegan Awareness Foundation e a PETA, colocam selo de “vegano” apenas nos produtos que também sejam cruelty-free. Esses selos contêm a letra “V”, o desenho de um coelho, ou a inscrição “cruelty-free” na embalagem. Também vale a pena mencionar…

Confira as 5 tendências da indústria farmacêutica para 2020

Com a chegada do novo ano, chegou também uma nova década. Esse é um momento de fazer uma análise retrospectiva tanto do próprio negócio quanto do mercado a fim de identificar pontos de melhoria e carências para desenvolver maneiras de supri-las. Neste post, vamos apresentar quais são as tendências da indústria farmacêutica para 2020. Para isso, mostraremos alguns dados importantes sobre o setor em 2019 a fim de que sirvam como base para as tomadas de decisão. Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto! Veja um panorama da indústria farmacêutica em 2019 No último ano, o mercado farmacêutico brasileiro vendeu em medicamentos R$ 215,6 bilhões — segundo o Estudo de Mercado Institucional da IQVIA, empresa global associada ao mercado de saúde. Ainda que o estudo tenha mostrado crescimento do varejo farmacêutico abaixo do esperado, este ainda esteve acima da inflação. E quando o setor varejista cresce, impulsiona o setor industrial.…

Veja como a química analítica contribui para o desenvolvimento da ciência forense

Áreas estão completamente interligadas e o avanço de uma acaba influenciando no avanço da outra. A ciência forense pode ser definida como um conjunto de estudos que envolve uma investigação, seja ela qual for, por exemplo, testes de DNA, criminalísticos, autenticidade, perícias, entre outros. Por isso, a ciência forense e a química analítica andam de mãos dadas. A química analítica pode ser definida, de maneira resumida, como o conjunto de métodos voltados para o esclarecimento da composição da matéria por meio de técnicas de identificação e quantificação. Nesse contexto, pode-se dizer que, é ferramenta essencial para o desenvolvimento da ciência forense. Apesar da ciência forense ser considerada uma área independente do conhecimento, os métodos químicos de análise são indispensáveis para auxiliar na avaliação de uma série de vestígios, como por exemplo, os crimes relacionados à Lei de Drogas. “Nesse caso, é necessário não só identificar como caracterizar, confirmar e quantificar…

Green Cosmetics: Fique por dentro das soluções inovadoras que as empresas estão investindo

Confira quais são as principais soluções Green Cosmetics oferecidas no mercado para atender a demanda crescente por transparência na indústria.  Há algum tempo, a “onda verde” tomou conta do mundo e palavras como sustentabilidade passaram a integrar o vocabulário recorrente de vários mercados. E o segmento de beleza não fugiu à regra, sendo cada vez mais comum encontrar produtos autodenominados como Green Cosmetics. Os cosméticos verdes têm conquistado cada vez mais o mercado brasileiro e mundial, bem como um público cada vez mais exigente. E não é só sobre sustentabilidade o motivo pelo qual os Green Cosmetics chegaram para ficar. Também envolve a procura por cosméticos feitos com matéria-prima natural, livre de agrotóxicos, e que de alguma forma podem beneficiar no cuidado de quem tem potencial alergênico. Outras opções são os produtos produzidos dentro dos princípios da ética social e animal, onde muitas indústrias deixaram de fazer testes em animais.…

Como está a situação da cannabis medicinal no Brasil?

Após intensas discussões sobre o tema, regularização da maconha para fins medicinais finalmente sai do papel.   A discussão sobre o uso de produtos a base de Cannabis já é pauta antiga e está no radar da Anvisa, órgão regulador, desde 2014. Dessa data em diante, a maconha entrou na lista de plantas e substâncias de controle especial do Ministério da Saúde, possibilitando o registro de medicamentos com derivados da planta. Foi isso que ocorreu, em 2017, com o Mevatyl. De acordo com a Anvisa, desde 2015, existe um grupo de estudos dedicado a discutir o cultivo de maconha para fins medicinais e, finalmente, depois de muitas discussões, no último dia 3 de dezembro, a Anvisa aprovou o uso de produtos à base de Cannabis para fins medicinais no Brasil.  Segundo a agência, no decorrer desse tempo, foram quase três mil pedidos de autorização excepcional para importação de remédios à…