Uso das novas tecnologias aliado aos novos perfis do mercado serão grandes mudanças nas indústrias.

As novas gerações que estão chegando no mercado de trabalho vêm com uma preparação muito maior e ainda usufruem de um cenário totalmente digital. A indústria farmacêutica está passando por uma grande transformação digital com a chegada de tantas novas tecnologias, por isso, a gestão de pessoas terá que ser completamente reavaliada para ter maior eficiência operacional.

Esses novos perfis trazem uma grande produtividade para o dia a dia das empresas, graças à automação e conhecimento tecnológico, e esse vai ser um fator decisivo de competitividade das indústrias farmacêuticas do mercado brasileiro daqui para frente.

“O mercado tende a estabilizar em termos de unidades produzidas ao longo dos anos. A competitividade tem aumentado muito ao longo dos anos e vai continuar nesse movimento. As empresas que vão ter mais sucesso no futuro seguramente são as que tiverem maior produtividade e eficiência operacional em todos os seus processos internos”, explica, Fábio Bussinger, sócio-diretor do Instituto Farma de Governança Operacional (IFGO).

Veja um pouco mais sobre eficiência operacional da indústria farmacêutica no vídeo acima. Aproveite também e siga nossas redes sociais para não perder nenhum conteúdo novo!

Linkedin, Facebook e Instagram

Talk NMB
Content team

Escreva um comentário