Inovação incremental na indústria farmacêutica: o que é preciso saber?

6 minutos para ler

Por volta dos anos 30, mais precisamente em 1939, o termo inovação incremental ganhou força, sendo concretizado por meio do livro escrito por Joseph Schumpeter, chamado “Business Cycle”. A partir daí, a inovação incremental ficou conhecida como um tipo de inovação, principalmente para a indústria farmacêutica.

Logo, de uma forma mais breve, podemos dizer que esse tipo de inovação estabelece um método com o intuito de executar a estratégica de maneira mais sistêmica, englobando praticamente todos os profissionais da sua corporação.

Ficou curioso sobre o assunto? Então, continue a leitura e venha aprender ainda mais!

O que é inovação incremental?

Podemos dizer, de uma maneira mais concreta, que a inovação incremental é uma série de melhorias em mercadorias, serviços prestados e processos realizados pela sua empresa. Logo, quando associamos a inovação incremental com algum processo inovador, podemos atingir resultados ainda mais marcantes na empresa.

Assim como em qualquer outra inovação, para aplicar qualquer processo diferente na empresa, é necessário muito compromisso e dedicação. Além do mais, a integração dos colaboradores é de suma importância para a execução de cada processo.

Diante disso, devemos envolver todos os colaboradores da empresa para executar as ações que futuramente desencadearão em melhorias. Com efeito, essas melhorias geram valor ao seu negócio. A partir disso, você conseguirá obter uma melhor visão dos seus colaboradores, colocando-os à frente na busca pelo progresso e desenvolvimento.

Sabemos que por falhas de planejamento, grande parte dos colaboradores são subestimados. Porém, são eles mesmos que estão à frente da venda dos produtos, serviços e processos prestados pela sua empresa. Desse modo, são pessoas que entendem melhor do que ninguém sobre como melhorar as ações da instituição.

A inovação incremental ganha bastante visibilidade e desenvolvimento quando observada à luz da escala, englobando a rotina da corporação. Fazendo assim, aplica-la dentro da empresa fica muito mais viável e simples.

A partir de qual momento você deve investir na inovação incremental?

Para saber o momento ideal de investir, é necessário que o empreendedor conheça de que maneira o seu negócio, bem como os produtos e serviços prestados, se encontra.

Na maioria das vezes que é lançado um novo produto ou serviço, há algumas dúvidas e perguntas que não podem ser respondidas de início. Devido a essas incertezas geradas no início, é preciso que você valide a sua mercadoria frente a um grupo de consumidores. Fazendo isso, você terá a sua mercadoria como uma aposta ainda, ou seja, um investimento que você só verá o resultado mais futuramente.

Diante disso, a inovação incremental, nesse quesito, é pouco vantajosa, isso porque a sua prioridade é compreender se o seu projeto é algo que não deu certo na sua empresa.

Em contrapartida, se a sua mercadoria é validada e está no mercado, automaticamente já fica incorporada ao Core Business. Dessa maneira, você obterá respostas para a maioria das suas perguntas, podendo estabelecer um time mais experiente e apto para a venda dos seus produtos e ou serviços.

Entretanto, quando a sua aposta é o próprio Core Business muita coisa está em jogo. Logo, de início, você precisa manter o andamento da sua empresa, impedindo que ocorra defasagem no mercado. Para isso, há algumas maneiras para manter a sua posição e continuar encontrando formas para concorrer com os demais, são elas: aderência às inovações tecnológicas, vantagens competitivas ou propostas de valores.

Por fim, é aí que vemos a entrada da ação da inovação incremental. A partir de agora, a inovação garantirá a incorporação de algumas ações que geram valor, possibilitando que o Core Business continue na constância de melhorias. Isso só ocorrerá quando os colaboradores agirem juntos, buscando dia após dia manter a eficiência dos produtos, serviços e processos executados.

Por que é importante investir nesse tipo de inovação?

Em tempos de constantes transformações no mercado, é necessário que as empresas busquem inovar a cada dia. Ao fazer isso, você conseguirá aderir aos modelos de negócio que possibilitam uma maior agilidade e eficiência.

Pensando nisso, falaremos abaixo sobre o porquê de investir na inovação incremental:

  • diversificação do portfólio de inovações;
  • fonte de receita recorrente;
  • diferencial competitivo.

Quais são os exemplos de empresas que se destacaram nesse quesito?

Por mais que possa parecer simples a execução da inovação incremental, é necessário que estejamos atentos a alguns detalhes: para realizar o investimento em inovação incremental, não basta criar planos ou o que fazer para melhorar. É necessário aplica-las!

Há algumas que se destacaram bastante ao colocar em prática a inovação incremental. Citaremos abaixo as principais. Diante disso, exemplificaremos abaixo grandes empresas que aplicaram essas mudanças e receberam retornos positivos!

Apple

Por volta dos anos 90, a Apple enfrentava um cenário muito diferente do atual. O produto era embalado em uma caixa pobre de criatividade. Por isso, a empresa estava “morrendo aos poucos” pela falta de inovação.

Com a aplicação da inovação incremental, cada vez mais a empresa foi retomando seu sistema operacional, aderindo ao marketing.

Hoje, sabemos que a Apple é uma das empresas mais lucrativas no mercado existente. Logo, a corporação está sempre buscando manter seus produtos atualizados frente à exigência do mercado consumidor.

Bic

Há algumas estimas que indicam que mais de 55 canetas Bic Cristal são vendidas por segundo pelo mundo. Um ótimo número, não é mesmo?

Originado no ano de 1945, pelo barão Marcel, a caneta tão famosa e utilizada por nós foi criada. A partir de então, foi dispensada a necessidade de ter que lavar as mãos toda hora, uma vez que não haveria mais mãos sujas de tinta.

Ainda que a caneta tenha um design simples, há uma série de inovações incrementais imprescindíveis presentes nela. Podemos exemplificar a abertura de ventilação presente na tampa, como também o pequeno orifício que proporciona o alívio de pressão. Tudo isso impede que a caneta exploda, se submetida a altas pressões.

Portanto, notamos o quanto a inovação incremental gera benefícios para a sua empresa, independente do porte e do setor em que se enquadra.

Gostou do nosso post? Então, deixe aqui o seu comentário e compartilhe seus conhecimentos com a gente!

Posts relacionados

Deixe um comentário